8 de nov de 2010

A música e o cinema nos anos 80 - parte 2 ( a missão)

Filme: A Garota de Rosa-Shocking (Pretty in Pink) - 1986
Hit: If you live ( OMD)

Outro filme do coração, presença constante na Sessão da Tarde, o filme traz aquela temática adolescente, marca registrada do diretor John Hughes, que dirigiu outros filmes da década, como Gatinhas e Gatões e O Clube dos Cinco (ambos com Molly Hingwald), revelando vários astros teens. Hughes também é o diretor de um dos maiores clássicos dos anos 80, o inesquecível Curtindo a Vida Adoidado, com todos aqueles personagens impagáveis, encabeçados por Mathew Broderick, o Ferris Buller.

A Garota de Rosa-Shocking traz aquela trama constante no cinema americano - a aceitação e a formação da personalidade no colegial, os populares da escola, a garota mais bonita, líder de torcida, que namora o cara mais disputado e, do outro lado, os "esquisitos", os "estranhos", que não se enquadravam pela falta de status, beleza, dinheiro ou, quem sabe, pelo excesso de inteligência e dedicação aos estudos.

Dentro dessa trama, temos Molly Ringwald, apaixonada pelo carinha mais popular e bonito e rico. Mas ela é pobre, meio estranha, não segue a cartilha de comportamento das patricinhas e ousa ser, por exemplo, criativa e criar suas próprias roupas.

A ruivinha Molly

E tem o melhor amigo dos sonhos, outro outsider, outro adolescente que corre por fora dos populares, que é meio doidinho, fala demais e, claro, apaixonado pela melhor amiga.


Molly e John Cryer, o Duckie, na chegada ao baile (confesso que eu preferia muito mais o Duckie do que o mocinho sem sal Andrew...)

O caso é que Molly, como bem o título diz, adora essa cor, pink, uma das cores, claro, emblemáticas da década. E resolve ela mesma costurar seu vestido para a festa, onde finalmente vai ficar com o mocinho Andrew MacCarty, o rapaz-rico-popular. Uma espécie de Cinderella moderna... E eles ficam juntos ao som de OMD, a linda If You Leave...


                                                                       Pretty in Pink!

Molly, estrela da década de 80

                                                                     ... continua linda!



E aí está, exatamente, a capa do vinil que eu ia escutar, escondida, inúmeras vezes, no quarto dos irmãos mais velhos, dessa grande banda da década de 80. Deles é a música tema do filme, e várias, várias outras que marcaram a época.

Na sequência, mais música e cinema, e em breve os brinquedos dos anos 80!
Mande sua sugestão!

Um comentário:

  1. Queria dizer que esta bem bacana o blog !
    Deveria falar sobre as festas dos anos 80, falar no Taj, na SEC, no Mingau, no veterano, Veranópolis e Comercial !! heheheheh

    ResponderExcluir